sábado, 20 de dezembro de 2014

Um Rei 亗



 Era uma vez um rei, que tinha muitas riquezas e não só muitas, mas as maiores. Ele costumava tomar conta de um lugar secreto, um lugar cheio de amor, carinho, um reino onde todos sabiam como o rei eram, os seres desse reino o amavam tanto, elas ficavam feliz só em estar perto do rei e ele feliz ao lado desses seres.
 Um dia esse rei estava observando um lugar, ele sempre tinha observado esse lugar, as pessoas desse lugar estavam se destruindo lentamente com palavras, com atitudes, elas não sabiam amar, elas estavam respirando, mas não tinham uma vida, elas estavam apenas sobrevivendo. Esse rei decidiu que os ensinaria tudo que sabia, os ensinaria a amar, mostraria a eles o seu mundo, mas não só ficaria só vendo a situação, ele decidiu se transformar em um morador do local que aquelas pessoas estavam, decidiu deixar suas maiores riquezas para virar uma pessoa simples, e desceu ao local triste porque não queria as ensinar sabendo que elas estavam sofrendo enquanto ele as ensinaria vivendo no amor, então decidiu dar o seu maior exemplo, dar a sua vida. 
 Ele começou a mostrar exemplos de carinho, respeito, de amor, e ele sentia que amava tanto aquelas pessoas, mas tanto, ele queria que elas vivessem pra sempre com ele, queria estar perto delas, queria todas elas como crianças dele, filhos e filhas, queria cuidar deles. O seu amor é forte demais
 Existiam pessoas que detestavam o rei, não sabiam que ele era um rei, e se irritavam com ele porque viam nele uma mudança, algo diferente, e então se juntaram para matar ele. O espancaram, agrediram, torturaram, humilharam, cuspiram e xingaram ele de uma forma agressiva demais, e dentro do rei seu coração doía, ele queria aquelas pessoas como amigos, ele queria estar perto. E então a morte chegou pra ele.



 Só que nossa história não acabou, a morte reconheceu que aquele doce homem era um rei, o Rei dos Reis, e o seu cheiro de amor, justiça, carinho não podiam contra ela, ele não tinha motivos pra ser morto como um culpado. Depois de três dias o rei voltou a viver porque até a morte reconheceu que ele era verdadeiramente um Rei. Tudo que tinha acusado o rei, todos os enganos, todas as mentiras são reveladas, e agora todo mundo tem uma nova escolha, inclusive eu e você, sermos da família do Rei, conhecermos mais do seu doce amor, acreditar e confiar na história dEle, e no amor que Ele sente. Você acredita nEle? 


 Como saber que a história é verdadeira?
- Um Rei cheio de riquezas que resolveu mudar a história de todos, mas abandonou suas maiores e melhores riquezas pra ensinar o amor.
(Filipenses 2:6-7)
- Um rei que quer ser nosso amigo 
(João 15:15)
- E que até a morte o reconheceu:
(1 Coríntios 15:55)
- Agora Jesus te pergunta "Você quer ser meu amigo, minha doce criança?"
(João 3:16)

Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens.