segunda-feira, 20 de abril de 2015

"Papai, é muito pra mim"

"Depois que Roboão se fortaleceu e se firmou como rei, ele e todo Israel abandonaram a lei do Senhor" - 2 Crônicas 12:1


Olá filhote do Rei, como ta? lembre de Romanos 8:28 e 1 Tessalonicenses 5:18

 Tem versículo que explica tudo, Israel tava seguindo o Senhor, estavam o obedecendo (2 Crônicas 11:4), e o adorando (2 Crônicas 11:16), mas foi só Roboão se fortalecer e se firmar como rei que tudo mudou, eles começaram a confiar mais em si mesmos que em Deus. E isso doí muito, imagina você cuidando de alguém, e essa pessoa precisa de você, você a ama, mas é só ela melhorar de condição que ela se esquece de você, ou seja, é como se você tivesse sido só algo descartável. 

 Eu acredito que isso seja uma doença da nossa natureza caída, quando está tudo bem costumamos buscar a Deus menos (ou então não buscamos) como os 9 leprosos que se aproximaram de Jesus, mas quando foram curados se mandaram. E isso é triste, machuca o coração do Pai, e isso é dito em 2 Crônicas 12:14 "Ele agiu mal porque não dispôs seu coração para buscar ao Senhor"

Pra mim essa é uma das piores doenças que temos porque Deus nos ama, Ele quer estar ali e quer que você o note ali, não tem aqueles momentos doloridos? apesar de serem doloridos, Ele ta la, secando nossas lágrimas, tranquilizando nosso coração e chorando junto conosco, quando estamos com medo, Ele demonstra o tempo todo que é como um Leão atrás do seu filhote, o filhote pode até ver um perigo na frente, mas qual perigo atacaria um filhote com um Leão atrás? (Apocalipse 5:5), Ele sorri quando sorrimos, e se preocupa com coisas minusculas em relação a gente, Ele nem por um segundo pensa em abandonar tanto cristãos como os que estão no mundo, como uma galinha cobre os filhotinhos, Ele nos protege assim, não tem como explicar tudo que Ele tal, o amor dEle é inexplicável "amou de tal maneira..", mas nós, inclusive eu, em uma das primeiras oportunidades esfriamos com Ele ou o abandonamos de vez, mas Ele não desiste mesmo assim como não desistiu de Roboão, e o recuperou apesar do coração de Roboão não se dispor tanto a Ele.


Que nossa oração possa ser tipo assim "Papai, não me dê nenhuma benção, nenhuma coisa grande que possa me afastar de você, por mais que eu peça algo sem saber o futuro disso, não me dê se isso me tirar de você, e tira de mim tudo que possa querer me afastar do Senhor..que nosso relacionamento possa estar crescendo, me ensina a orar, me ensina sua Palavra, me ensina a te amar..eu não sei viver sem você..em nome de Jesus eu oro."

Um amigo muito querido me mostrou uma música chamada "Faça morada" do Lito Atalaia e num refrão diz assim "Eu não quero só o reino, mais que ouro, que prata, dinheiro ou benção que o mundo vê, tudo o que existe é nada se comparado a você, mas anseio a presença do meu Rei."



Mesmo que o nosso corpo não queira orar, mesmo que a nossa carne guerreie com o Espírito, mesmo que estejamos sem disposição pra ler a bíblia ou buscar ao Pai, vamos mesmo assim, vamos perder pra Deus, mesmo que doa porque Ele merece o nosso amor, quem mais nós ama, vamos olhar mais o céu e falar "nossa Papai, você ta de parabéns, me da aqui um autografo", vamos trocar pedidos por pedidos pelos outros, vamos trocar reclamações por elogios, vamos dizer mais o quanto o amamos e como Ele é lindo, vamos ser mais sinceros sobre nossas doenças espirituais, afinal quando mais doentes espiritualmente, mais dependentes da presença dEle ficamos, vamos nós aproximar do nosso Pai.

O chame, o chame, o chame, chame, chame como uma criança, grite em seu coração pelo seu Pai, Ele está perto, mais grite em seu coração porque precisa dEle mais e mais e mais e mais sem cessar, sem parar, a presença de Deus nunca é demais, nunca, nunca, precisamos mais e mais, chame, chame, chame.